sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Google, a melhor empresa do mundo para se trabalhar?

Já se sabia que a vida dos funcionários da Google é invejável. Agora, parece que as vantagens seguem para lá da morte. É que o gigante da internet garante o pagamento de 50% do salário dos funcionários, durante dez anos após a sua morte, ao marido/mulher. E ainda paga 1000 dólares mensais aos filhos do funcionário falecido até que façam 19 anos (ou até aos 23, se continuarem a estudar).

A revelação foi feita por Laszlo Bock, o responsável dos recursos humanos da Google, à revista "Forbes". Mais uma vantagem a juntar-se a uma lista que já inclui comida gratuita no escritório, serviço de lavandaria, massagens a baixo custo, ginásio, mesas de ping pong, assistência médica e muito mais.

Os estudos provam que estes "doces" melhoram o desempenho. Só que, claramente, aqui as contrapartidas para a Google são mais difíceis de avaliar. "Obviamente, a companhia não ganha nada com isso", assegura Bock à "Forbes". "Mas é importante para a empresa ajudar as famílias durante esse horrível e inevitável acontecimento. E, em última análise, é melhor trabalhar para uma empresa que se importa do que para uma que não quer saber."

A estratégia de tratar bem os funcionários parece estar a resultar. Números divulgados pela Bloomberg News em Fevereiro de 2011 davam conta de um novo recorde de currículos a chegar ao Google: foram 75 mil só numa semana.