sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Como criar hashtags de sucesso?

Os fãs do Twitter conhecem-nos bem. Às vezes, de um momento para o outro, aparece num tweet um cardinal seguido de uma expressão, que se multiplica pela rede e lança um tema para a ribalta. Chamam-lhes hashtags. Hoje, por exemplo, o hashtag #prayforBrazil (rezem pelo Brasil) - a propósito da tragédia causada pelas cheias no país - é um dos mais usados na rede social.

Ao criarem visibilidade, os hashtags são apetecíveis para as marcas. Os positivos, é preciso frisar, porque ainda há pouco tempo a Ensitel viu um hashtag com o seu nome tornar-se no primeiro grande exemplo de uma situação de crise nas redes sociais em Portugal. Mas, quando a abordagem é positiva, um hashtag popular pode levar o nome de uma empresa ou de um produto aos "trending topics", o top dos temas mais falados da rede, que é basicamente onde toda a gente quer estar e onde, aliás, muitos pagam para estar com um "trending topic" patrocinado. Será sobretudo por este apetite das empresas que alguns se dedicam a estudar o fenómeno.

O blogue do Twitter publicou uma análise a um dos mais recentes hashtags de sucesso do Twitter: #lessambitiousmovies. Vale a pena ler o texto e também o post publicado sobre o assunto pelo GigaOm. Nesse mesmo blogue, faz-se referência a um texto anterior do Twitter Media que é obrigatório para os interessados na "arte" de criar hashtags. Desse post, constam algumas dicas interessantes:

1. os bons hashtags são como "penhascos gramaticais": quem lê, não consegue evitar completar a expressão;
2. é melhor fazer hashtags com temas específicos do que com temas muito abrangentes;
3. um bom hashtag promove-se não só no Twitter mas também noutros meios.

1 comentário: